top of page

Checklist de 7 Práticas que Aprendi com a Comunicação Não Violenta (CNV)

Você já se viu em conversas difíceis, sentindo-se perdido ou até mesmo em conflito com alguém? Se sim, você não está sozinha(o). A arte da comunicação eficaz é uma habilidade que muitos de nós estamos constantemente tentando aprimorar. É por isso que hoje eu quero compartilhar com você o meu checklist essencial para melhorar a comunicação, que pode ser útil para você também.


Duas pessoas sentadas em um banco de parque sob uma árvore frondosa, engajadas em uma conversa profunda e respeitosa. Suas expressões e linguagem corporal transmitem abertura, compreensão e respeito mútuo, em um ambiente calmo e acolhedor. A imagem usa cores suaves e harmoniosas, evocando sentimentos de calma e empatia, refletindo os princípios da Comunicação Não Violenta.

Checklist de 7 práticas que aprendi com a Comunicação Não Violenta:


1. Deixe Suas Intenções Transparentes

Antes de iniciar uma conversa difícil, estabeleça suas intenções de forma transparente e assertiva. Esclarecer suas metas desde o início pode facilitar a compreensão mútua e evitar mal-entendidos.


2. Pratique a Empatia em Discussões

Ao invés de entrar em discussões com o objetivo de vencer, busque entender o ponto de vista do outro e também expressar o seu próprio. A verdadeira comunicação é um processo colaborativo, não uma batalha.


3. A Importância da Escuta Ativa:

Quando alguém expressa como suas ações os afetaram negativamente ou oferece uma crítica, opte por praticar a escuta ativa. Isso significa ouvir atentamente sem se defender automaticamente, o que pode abrir portas para uma comunicação mais construtiva.


4. Evite Interferir com Conselhos

Ao conversar com alguém que está desabafando, evite interromper com conselhos ou dicas. Às vezes, tudo o que a pessoa precisa é de alguém para ouvi-la, sem julgamentos ou soluções rápidas.


5. Adote uma Atitude de Aprendizado Constante:

Admitir quando você não sabe algo pode ser uma maneira poderosa de abrir espaço para aprender mais sobre o mundo, as pessoas e as coisas em geral. Não tenha medo de dizer "eu não sei".


6. Estabeleça Limites de Forma Assertiva:

Quando precisar dizer não, faça isso de forma direta e sem sentir culpa. Estabelecer limites saudáveis é essencial para manter relacionamentos equilibrados.


7. Reconheça e Corrija seus Erros:

Reconhecer quando suas ações impactaram negativamente outras pessoas e pedir desculpas sinceramente é uma parte fundamental da comunicação eficaz e do crescimento pessoal.


Este checklist de 7 práticas que aprendi com a Comunicação Não Violenta é formado por algumas práticas que tenho tentado incorporar no meu dia a dia, embora nem sempre seja fácil. No entanto, percebi que essas práticas não apenas melhoram minhas relações, mas também contribuem para um mundo mais empático e compassivo - um mundo no qual eu gostaria de viver e imagino que você também.


Claro, existem muitas outras práticas valiosas lá fora, mas estas são as que estão mais presentes para mim no momento. Por que não experimentar algumas delas e depois me contar como foi? Vamos juntos tornar a comunicação um processo mais consciente e significativo! 🎉

Comments


bottom of page