Correios: aprimorando a comunicação para lidar melhor com conflitos

Os Correios talvez sejam uma das empresas mais conhecidas do país, e você provavelmente já precisou dela um dia. São uma empresa pública federal, responsável por todo o sistema de envio e entrega de correspondências do Brasil!


O desafio nessa empresa foi promover, a partir de um treinamento inovador, uma cultura de comunicação mais assertiva. Além disso, desejavam que as pessoas pudessem se expressar melhor, falando o que precisa ser dito, mas de forma assertiva e sabendo lidar melhor com conflitos.


Outra necessidade apontada foi a de formar educadores que fazem parte da instituição quanto à utilização de ferramentas, como o jogo Grok, para que pudessem aplicá-las em situações futuras.



Vivência e ferramentas para mudar paradigmas


Considerando a demanda da empresa, realizei dois workshops diferentes:

  • Introdução e práticas de comunicação não violenta (CNV), que foi replicado 4 vezes, mas para públicos diferentes; e

  • Como facilitar dinâmicas com o jogo Grok para educadores e líderes.

Os dois workshops foram bastante participativos e interativos. Neles utilizei as metodologias: estruturas libertadoras (processos e métodos de dinâmicas de grupo), art of hosting (métodos para criar conversas abertas e significativas que gerem bons resultados e comprometimento) e jogo Grok (jogo de cartas baseado na CNV).



Os workshops de introdução à CNV tiveram como objetivo aprimorar o relacionamento interpessoal de participantes, praticando habilidades como autoconsciência emocional, empatia e comunicação. Para isso, apresentei a origem, o significado e o passo a passo da CNV e busquei promover momentos de interação em pequenos grupos, tanto com as cartas do Grok como com casos reais de participantes.


O workshop de facilitação do Grok, por sua vez, teve como objetivo apoiar instrutores, por meio de dinâmicas práticas, a conhecerem formas de utilizar o jogo Grok em facilitações de grupos. Para isso, construímos coletivamente as habilidades essenciais de facilitadores, apresentei a CNV e nos aprofundamos em cada um dos passos dela (observação, sentimentos, necessidades e pedido). Por fim, em pequenos grupos, realizamos diferentes dinâmicas com as cartas do Grok, a fim de compreender como cada uma delas funciona.


O que fica é a possibilidade de promover mudanças reais


Depois da realização dessas ações, o jogo Grok passou a ser utilizado na resolução de conflitos internos, possibilitando que colaboradores tenham acesso a novas formas de se expressarem.


Além disso, as pessoas que participaram demonstraram o surgimento de novos questionamentos e mais atenção à qualidade da fala ao se comunicarem internamente. Também foram percebidas formas práticas para trabalhar e conversar em equipe, especialmente entre líderes e seus grupos.


Trabalho por um mundo mais humano, empático e colaborativo

(41) 99600-9276

contato@ivanpetry.com

Rua Fernando Amaro, 60 - Curitiba/Paraná

  • Instagram
  • LinkedIn
  • YouTube